Piumhi conquista 8º lugar no ranking de gestão pública em Minas Gerais.

Com conceituação “A” em Investimentos, Liquidez e Custo da Dívida, “B” em Receita Própria e “C” em Gastos com Pessoal, Piumhi atinge média 0.7753 e se coloca na privilegiada 8ª posição entre os 820 municípios mineiros incluídos no Índice de Gestão Fiscal (IFGF) desenvolvido pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN). Nos seis municípios da área do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de Piumhi, o IFGF geral atinge conceito B em Capitólio e Piumhi. A avaliação considera a capacidade de fazer investimentos, a arrecadação, os gastos com pessoal, além de dívidas e restos a pagar que não foram quitados pelas administrações municipais ao final de cada exercício. No cômputo geral, a gestão fiscal em Piumhi é avaliada como boa.

O prefeito Arlindo (Marcinho) Barbosa Neto (PR), recebeu o resultado do IFGF com satisfação, e credita o bom desempenho ao rigor e seriedade na gestão dos recursos públicos.

Já no Índice de Desempenho do Sistema Único de Saúde, que dimensiona a qualidade e as condições de acesso aos serviços prestados pela rede oficial, e que leva em consideração três índices: Desenvolvimento Socioeconômico (IDSE), o de Condições de Saúde (ICS) e o de Estrutura do Sistema de Saúde do Município (IESSM), Piumhi se destaca entre os 14 municípios mineiros no ranking nacional, avaliado com 7,30 pontos.  O IDSE ainda avalia duas questões ligadas diretamente à saúde da mulher: acesso a exame de mamografia e a exame de colo de útero. Nestes quesitos, Piumhi aparece com um ótimo resultado: 10 em mamografia e 9,69 em exames ginecológicos. De acordo com o Secretário de saúde do município, Onício Eustáquio de Melo, a boa nota adquirida no IDSUS parte da competência e seriedade com que o trabalho do setor é realizado em Piumhi. “Investimos 21,47% do que podíamos no setor, enquanto só nos era obrigado gastar 15%,” explicou. Quanto a saúde da mulher, Piumhi conta com um núcleo específico para esse fim, inclusive um anexo que trata da prevenção à violência doméstica e profissional.

Os resultados conquistados servem para ratificar a grande eficiência administrativa que Piumhi vem apresentando nos últimos anos.

Esta entrada foi publicada em PR no Interior e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.